quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

The Dark Hunter Comics

Dark Hunters manga

Eu sei que parece obsessão eu falar sobre este assunto novamente, mas é que na última quarta-feira chegou pelo correio o 2º volume dos mangas de Dark Hunter (o 3º não tinha na loja, terá que ser importado, então só chegará no final de março e o 4º ainda será lançado). Fã como sou, eu devorei rapidinho (embora seja bem grosso e cheio de diálogos, porque tem um milhão de coisas a serem explicadas).

Os mangas são adaptações da série de livros sobre os Dark Hunters, escritos pela Sherrilyn Kenyon. A cada dois volumes (pelo menos até agora), o manga cobre a história de um livro. Os dois primeiros contam a história de Kyrian e Amanda (do livro Night Pleasures), servindo também para introduzir aos leitores o universo criado pela autora. São nesses mangas que conhecemos a origem dos Dark Hunters (comumente confundidos com vampiros) e como torná-los humanos de novo. Aprendemos sobre os Squires (humanos a serviço dos Dark Hunters), conhecemos Nick Gaultier (que começa sua trajetória como um simples squire mas que tem um papel muito mais importante no decorrer da saga criada pela autora) e também o mandachuva enigmático Acheron Parthenopaeus.

É interessante ver em imagens a história que já tinha lido nos livros. Não creio que os livros possam um dia serem adaptados para a tv ou para o cinema (personagens demais, períodos longos demais...sem falar que até agora são 32 histórias..imaginem como ficaria o ator que interpretaria o Acheron, que aparenta ter 21 anos e não envelhece, após a adaptação de 32 histórias...já seria um vovô!), assim é legal ter esta oportunidade de vê-los, mesmo que seja por meio de um desenho.

A outra vantagem dos mangas é que alcança um público diferente. Imagino que a maioria dos fãs dos livros acabem comprando e lendo também os mangas (principalmente porque são ótimos para reavivar a memória. Depois de tantas tramas diferentes mas interligadas, lembrar quem é quem e o que foi feito tanto tempo atrás ajuda na leitura dos novos livros), mas ter este essa nova mídia para aquele povo que não se entusiasma a começar uma saga depois de 32 histórias lançadas, é uma ótima idéia. Quero dizer, a leitura é mais rápida, mais divertida, menos densa e serve de introdução para o universo dos Dark Hunters.

Uma pena que só tenham em inglês, mas sinceramente valem a pena (sem falar que custam o mesmo que um pocket em inglês normal, ou seja, muito menos que um livro em português).

8 comentários:

Clube Bookaholics Anônimas disse...

adoooro mangás!
adorei o post.

beijos

Mica disse...

Eu também gosto muito de mangas, e por isso não pensei duas vezes na hora de comprar os de Dark Hunter na hora que soube que a história seria lançada em manga.
Hey, vi o seu blog. Acabou de criá-lo? ^_^
Fiquei com vontade de ler Tamanho 42 não é Gorda. Da Meg Cabot só li a série A Mediadora, mas gostei muito do jeito tranquilo e divertido dela escrever.

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Oi, Mica!

Eu não sou muito fã de mangás, só li um até hoje: Angel Sanctuary... rs. Conhece? Gostei muito.


Vi o link do seu blog lá no tópico do Garota It, no Skoob, e vim conhecer.
Adoro conhecer novos blogs literários e fazer amizade. Acho que é legal quando os blogueiros interagem mais.

Estou te seguindo.
Passa conhecer o meu:

www.universo-literario.com

Beijo grande!

Mica disse...

Eu li Angel Sanctuary sim, duas vezes. A primeira vez que eu li eu fiquei encantada....a segunda, alguns anos depois, achei a maior confusão, hehehe.
Esses mangás de Dark Hunter são bons especialmente para quem não tem paciência de ler todos os livros. Como eu adoro ler, não em importo nem um pouquinho de acompanhar os dois, hehehe.

Fiquei feliz de você ter aparecido por aqui. É sempre bom ter novos amigos para conversar sobre assuntos que gostamos.

Pentacúspide disse...

meu deus, finalmente conheci uma miúda geek.

Anônimo disse...

Oi! Parabéns pelo blog TDB! Gostaria de saber onde posso adquirir o mangás de dark hunter sou fãzoca tbem, vc pode me contactar no email nspimentinha@yahoo.com.br...obrigada!!

Laís Sperandei disse...

Oi! Adorei teu post, e gostaria muito de saber se tem algum lugar onde eu possa comprar os mangás, ainda mais se tiver em algum lugar do Brasil, já que no amazon, o frete sai mais caro que a própria vida e eu queria muito ler eles, porque né, é Sherrilyn Kenyon, de qualquer jeito, e deve mersmo ser muito legal ver tudo o que tu imaginou, colocado como personagens em uma folha. Bom, agradeço desde já.

Mica disse...

Oi Laís, eu comprei os mangás de Dark Hunter no site da Livraria Cultura. Mesmo quando não tem disponível (ou não consta no site), eles fazem a encomenda (só demora umas semanas para chegar) e o frete é o normal do Brasil, não como se viesse do exterior. Super em conta.
Se não constar no site, é só conseguir o ISBN ou todos os dados do produto e solicitar no site que eles fazem o pedido para você. É maravilhoso. Comprei também as HQs de Buffy com eles da mesma forma.

Postar um comentário