sábado, 1 de outubro de 2011

Meme Literário de Um Mês - Dia 01


Eis-me aqui, tentando participar do Meme Literário de Um Mês criado pela Happy Batatinha. Eu quase não participei, porque tem sido pedreira arrumar tempo para qualquer coisa ultimamente, mas confesso que sou apaixonada por esses memes literários, então resolvi fazer um esforcinho. Espero que dê tudo certo.


Dia 01 - Que livro que você está lendo? Sobre o que é? Onde você está? Você está gostando?

Eu queria ser uma pessoa bonitinha, que lê um livro por vez, com a maior atenção e paciência. Mas não sou. Por isso estou lendo três livros simultaneamente, cada um com seu momento no dia (e demorando horrores para terminar cada um).


Jane Eyre (Charlotte Brontë)
Confesso que fiquei com vontade de ler Jane Eyre por culpa das resenhas da Naomi, do PduBT (tanto do livro quanto dos filmes). Pelo que vi até agora, trata da vida de uma jovem órfã bastante comum, que passa inúmeras privações na infância, mas que consegue encontrar seu ponto de equilíbrio até que percebe que quer mais da vida e decide buscar por um horizonte mais amplo que a pacata vida de professora em sua escola lhe permite.
Ainda estou no início (página 114 de 527), mas estou bastante empolgada e gostaria de ter muito mais tempo livre para ler. Esse é o meu livro de bolso (ou bolsa), que carrego para tudo quanto é canto na esperança de conseguir ler um parágrafo que seja nas horas vagas (geralmente no almoço).


As Crônicas de Gelo e Fogo - Livro Três: A Tormenta de Espada (George R.R. Martin)
Eis um livro que me pegou desprevenida. Não sei qual era o grau de conhecimento da saga escrita por Martin entre os brasileiros, mas eu sei que só tomei conhecimento do épico de fantasia quando começou a se falar na adaptação dos livros para a TV (mais especificamente pela HBO, que normalmente é um padrão de qualidade em se tratando de séries). Eu mesma só comecei a ler os livros depois da exibição de alguns episódios de Game of Trones, e então foi a perdição. Viciei completamente. 
Os livros são muitíssimo bem escritos, os personagens elaborados, críveis e principalmente, humanos. Cheios de falhas e qualidades, ódios e amores. Nada é gratuito nos capítulos que lemos e tampouco seguro. Tudo pode acontecer, assim como na vida. E o melhor é que os livros não são divididos em capítulos, mas em narrativas de personagens, o que nos faz enxergar pontos de vista diferenciados e perceber que não há ninguém que seja totalmente mocinho ou totalmente bandido e é muito fácil esquecer por quem você torce, quando lê a narrativa do inimigo que, naquelas páginas, parece cheio da mais perfeita razão. Ou não. Mas é isso que faz da saga de Gelo e Fogo tão gostosa  e instigante.
A Tormenta de Espadas é o terceiro livro da série e ainda estou bem no início, mais precisamente na página 26 (de 879...ou 840 se você excluir os apêndices). Queria mais tempo para ler, no entanto o livro é muito grosso e pesado, o que inviabiliza o transporte. Ou seja, ler As Crônicas de Gelo e Fogo só em casa mesmo, então é outro que está seguindo a passos de tartaruga.


DOCTOR WHO: The Spaceship Graveyard (Colin Brake)
Este é o meu segundo livro de Doctor Who e é especial, pois ganhei de presente. Faz parte de uma série de livros (Decide Your Destiny) onde o leitor escolhe o que irá acontecer na página seguinte, o que significa dizer que não tenho a menor ideia de qual página estou no momento e de quantas falta para terminar o livro. Tudo o que eu sei é que eu (leitora) estou acompanhando o Décimo Doutor e Martha Jones em uma aventura, a TARDIS pifou e fomos parar em um cemitério de naves espaciais. E vamos ver onde minhas escolhas  irão nos levar...



2 comentários:

Happy Batatinha disse...

Adorei esse livro do Doctor Who! Eu lia muitos livros desse tipo vira-vira! Quanto tempo não vejo um. :)

Smacks pra ti! ;)

Mica disse...

Pois é, quando eu era mais novinha eu lia muito desses livros que você decide para qual página vai de acordo com as escolhas que faz para a história. Mas fazia muitos anos que não lia algo do estilo e está sendo bem legal.

Postar um comentário